11 de fevereiro de 2013

Papa anuncia que renunciará ao pontificado.


O papa Bento 16 anunciou nesta segunda-feira (11) que renunciará ao seu ministério no dia 28 de fevereiro, noticia o Jornal do Brasil. O pronunciamento aconteceu quando discursava em latim durante um consistório do Vaticano.

 As informações foram passadas pelo porta-voz da Santa Sé para a agência de notícias AFP.

 “O papa anunciou que renunciará a seu ministério dia 28 de fevereiro. Começará assim um período de ‘sede vacante’”, confirmou o padre Federico Lombardi, em um anúncio quase “sem precedentes” na Igreja Católica, já que esta é apenas a segunda vez que um papa da Igreja Católica renuncia ao pontificado.

 Em comunicado, Bento 16 disse que vai deixar o cargo devido à idade avançada, por “não ter mais forças” para exercer o cargo. O papado de Joseph Aloisius Ratznger começou em 2005. (Fonte JB/Bahia Notícias.

lEIA O TEXTO DO PAPA. Queridos irmãos,

Eu convoquei vocês para esse Consistório, não apenas para as três canonizações, mas também para comunicá-los de uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Após ter repetidamente examinado minha consciência ante Deus, eu tive a certeza de que as minhas forças, devido à idade avançada, não são mais ideais para um adequado exercício do ministério Petrino. Eu estou bem consciente de que esse ministério, devido à sua essencial natureza espiritual, deve ser realizado não só com palavras e ações, mas não menos com orações e sofrimento. Contudo, no mundo de hoje, sujeito a rápidas mudanças e agitado por questões de profunda relevância para a vida da fé, de modo a governar a casa de São Pedro e proclamar o Evangelho, ambas as forças mental e de corpo são necessárias, forças que em mim nos últimos meses se deterioraram a um ponto que eu tenho de reconhecer minha incapacidade para cumprir adequadamente o ministério a mim confiado. Por esta razão, e totalmente ciente da seriedade do ato, com toda a liberdade eu declaro que renunciarei ao ministério do Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro, a mim confiado pelos cardeais em 19 de abril de 2005, de maneira que, a partir das 20h do dia 28 de fevereiro, a Sé de Roma, a Sé de São Pedro, estará vaga e um Conclave para eleger o novo Sumo Pontífice deverá ser convocado por aqueles competentes para isso.

Queridos irmãos, eu os agradeço com muita sinceridade por todo amor e trabalho com o qual vocês apoiaram o meu ministério e peço perdão por todos os meus defeitos. E agora, confiemos a nossa Santa Igreja aos cuidados de nosso Supremo Pastor, nosso Senhor Jesus Cristo, e implorar que sua sagrada Mãe Maria para que ela ajude os Padre Cardeais com a sua solicitude materna na eleição do novo Sumo Pontífice. Em relação a minha pessoa, eu desejo também devotadamente servir a Santa Igreja de Deus no futuro através de uma vida dedicada a orações.

Bento XVI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.