COUTHÉ SOUND DIGITAL, DEIXA SEU CARRO MUITO MAIS LEGAL

COUTHÉ SOUND DIGITAL, DEIXA SEU CARRO MUITO MAIS LEGAL

19 de janeiro de 2019

Lula não colocava bens em seu nome para manter o ‘discurso de pobre’.



Segundo Palocci, Lula não colocava propriedades no seu nome para ter ‘discurso de pobre’
Antonio Palocci declarou em sua delação premiada que “o financiamento ilícito e contribuições empresariais não causavam o menor constrangimento” a Lula.
Segundo o ex-ministro, a “única preocupação (de Lula) era preservar sua própria imagem, afastando-se dos momentos de ilicitudes e sistematicamente construindo versões que o isentavam de qualquer malfeito”.
Palocci também narra uma passagem em que ele questionou o seguinte para Lula: “por que o ex-presidente não pegava o dinheiro que recebia com suas “palestras” e pagava o triplex” (que o petista acabou ganhando da OAS como propina).

Vem ai! O torneio de verão 2019, Aguardem...


16 de janeiro de 2019

Deputada Eleita Joice Hasselmann, Sugere Impeachment E Prisão De Marco Aurélio.


A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) sugeriu o impeachment e até a prisão do ministro Marco Aurélio, STF (Supremo Tribunal Federal), pelo fato de o magistrado ter decidido nesta 4ª feira (19.dez.2018) pela soltura de presos após decisão em 2ª Instância. As declarações foram feitas por meio do Twitter.
A medida pode beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A defesa do petista já protocolou 1 pedido de liberdade na 12ª Vara Federal, responsável pela Execução Penal.
Para Joice Hasselmann, Marco Aurélio aproveitou a véspera das “férias de verão” do Supremo para “dar a canetada” e libertar Lula.
“Foi caso pensado. Crime de lesa pátria. O STF precisa enterrar esse golpe Agora! Danem-se as férias! Marco Aurélio tem q ser arrancado do STF”, afirmou. “A defesa do presidiário Lula já protocolou pedido de Habeas Corpus. Foi logo depois da decisão de Marco Aurelio. Alguém tem dúvida que o jogo estava combinado?”, completou.

Equipe De Bolsonaro Já Encontrou 1048 Petistas Com Salários Superiores A R$50 Mil No Banco Do Brasil


.

De acordo com o jornal Estadão, um dos principais alvos da “operação pente-fino” da equipe de Jair Bolsonaro é o Banco do Brasil.
Na instituição, centenas de apadrinhados políticos ocupam cargos com salários de até R$ 61,5 mil.
diz o jornal:
“Nos governos do PT, o Banco do Brasil passou por uma ampliação de sua estrutura de comando. Além de nove vice-presidentes (salário de R$ 61,5 mil cada) e 27 diretores (R$ 47,7 mil), a instituição criou 11 cargos de gerente-geral (R$ 47,7 mil) – a ampliação de diretorias para abrigar funcionários sintonizados com os partidos de sustentação do governo exigiria uma complexa mudança estatutária. As remunerações estão acima do teto do funcionalismo público de R$ 33,7 mil.”
A folha mensal de pagamento de salário dos 1.048 ocupantes de cargos executivos do banco tem um gasto total de R$ 28, 9 milhões.


Vem ai o projeto Adoçando sonhos - Secretaria de assistência social.


O trabalho não para - Trav; Olivério Junino Nascimento.


O trabalho não para - Andrezão.


O trabalho não para - Colina Verde.


O trabalho não para - Creche do Cajueiro.


Se ligue na escala de médicos de plantão no Hospital.


Secretaria Municipal de Saúde de Ibicaraí Informa a toda população cronograma de atendimentos médicos em Hospital e UBS.


Secretaria Municipal de Saúde de Ibicaraí Informa a toda população cronograma de atendimentos médicos em Hospital e UBS.
A prefeitura de Ibicaraí, através de sua secretaria de saúde, informa a toda população da cidade, que as escalas de atendimentos médicos para essa semana (até domingo), tanto do Hospital Arlete Maron de Magalhães, quanto das Unidades Básicas de Saúde são as seguintes:
                         ESCALA DO HOSPITAL (até domingo)
QUARTA .............Dr. Leonardo
QUINTA...............Dr Ronneo Lúcio
SEXTA..................Dra. Talita (1º plantão nessa sexta-feira agora)
SÁBADO...............Dr. Wallace
DOMINGO............Dr. Cézar

VER ESCALAS DAS UBS NO CRONOGRAMA ANEXO
Obs: Na Unidade Básica de Saúde do Delfino Guedes, o atendimento médico começa no dia 21 de janeiro e na Unidade Básica de Saúde do Duque de Caxias, no dia 05 de fevereiro. Os pacientes que dependem de atendimento na Unidade Básica de Saúde Dr. Oseas Peixoto, no centro da cidade (que ainda depende da contratação de um novo médico), estão sendo encaminhados para outras unidades mais próximas, que tenha médico plantonista.

Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos.



Ministério da Defesa autorizou o emprego das Forças Armadas no Programa em todo o território nacional.
O Ministério da Defesa autorizou o emprego das Forças Armadas em apoio a parte logística do Programa Mais Médicos. A decisão, publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta quarta-feira (16), vale para todo o território nacional e detalha a atuação do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.
O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, estará no comando das ações envolvendo os médicos militares no programa, de acordo com o texto publicado no Diário Oficial.
Na portaria publicada, na seção 1, página 19, os militares atuarão para a recepção, hospedagem, transporte e distribuição dos médicos intercambistas e supervisores nos municípios de atuação em apoio ao programa.
Haverá um oficial de cada Força para assumir a função de ligação entre os demais e assim trocar informações e definir ações.

Previdência: presidente irá bater martelo na volta de Davos.



Apesar de ouvir proposta antes de viajar para o Fórum Econômico Mundial, Bolsonaro irá definir situação da reforma apenas quando retornar.
O presidente Jair Bolsonaro vai ouvir a proposta de reforma da Previdência da equipe econômica antes de embarcar para Davos, no dia 21. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Ônyx Lorenzoni, ele só deve bater o martelo sobre o texto na volta, possivelmente até o final do mês.

O presidente, no entanto, terá pouco para analisar o texto. Ele fica quatro dias em Davos, no Fórum Econômico Mundial, e na volta terá apenas um final de semana antes da internação para a cirugia de retirada da bolsa de colostomia.

O texto da reforma da Previdência demandará grande negociação do Planalto com o Congresso. Os deputados e senadores eleitos em 2018 tomam posse em 1 de fevereiro.


STF abre 19 investigações contra políticos com base na Carne Fraca.



Inquéritos estão sob sigilo e tramitam no Supremo porque envolvem autoridades com foro privilegiado.
A ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), atendeu ao pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República) e decidiu abrir 19 inquéritos a partir das informações coletadas na delação premiada de Daniel Gonçalves Filho, primeiro delator da Operação Carne Fraca. Os inquéritos estão sob sigilo e tramitam no Supremo porque envolvem autoridades com foro privilegiado.
O acordo de delação premiada, que cita supostos pagamentos em espécie de empresas do setor alimentício para o deputado federal Osmar Serraglio (MDB-PR), foi homologado pelo ministro Dias Toffoli. O caso migrou para Cármen Lúcia depois que Toffoli assumiu a presidência do STF, em setembro do ano passado.
A operação cercou os maiores frigoríficos do País e um esquema de corrupção e indicações políticas no Ministério da Agricultura em especial no Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal. Além de gente da JBS, estão na mira pessoas da gigante BRF.

João de Deus completa um mês na prisão e enfrenta novas denúncias.



Médium é acusado por centenas de mulheres de abuso sexual; defesa nega acusações. Justiça negou novo pedido de liberdade nesta terça-feria.
João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, completa um mês de prisão nesta quarta-feira (16). O médium – denunciado por centena de mulheres de abuso sexual durante os atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, interior de Goiás – alega inocência.
As primeiras denúncias contra o médium começaram a surgir no início de dezembro do ano passado. A coreógrafa holandesa Zahira Leeneke Maus foi uma das primeiras a mostrar o rosto e a apresentar a denúncia. Ela participou de uma consulta com João de Deus em 2014.
Depois dela, outras mulheres também fizeram denúncias. Os relatos das vítimas que acusavam os abusos continham situações e métodos parecidos entre eles. João de Deus alega inocência desde o início.