15 de maio de 2013

Apresentador do Conexão ON, mais uma vez perde a compostura e chama a concorrente de " Canal do Boi".


A história do rádio em Ibicaraí,  sempre foi escrita com muitos ciúmes, desde os tempos em que tínhamos as rádios piratas, onde concorrentes se denunciavam, até mesmo hoje, tendo duas FMs, legalizadas.

Mesmo sendo A Palestina FM, uma rádio comunitária, com um alcance muito menor que a Cacau FM. Sendo que pesquisas populares demostram que a Palestina goza de uma audiência maior nas áreas urbana e rural da nossa cidade, por ter uma programação mais voltada ao povão, com música esporte e informação, fica a cada dia mais claro o ódio e o rancor por parte do sócio diretor da Cacau Fm, que sempre faz citações jocosas e infundadas sobre a concorrente, sempre em seu programa diário, Conexão ON, primeiro tentava passar a ideia que a Palestina FM, seria uma rádio pirata, destacando sempre vinhetas com citações sobre rádios piratas, e comentários maldosos, sobre uma possível interdição da mesma.

Depois de ouvir muitos comentários sobre isto, hoje pude constatar que eram verdadeiros, pois eu mesmo ouvi da boca do próprio, ao vivo.

Terminado o meu programa de esportes, BOLA NA REDE, que apresento de Segunda a Sexta pela Palestina FM, sempre das 12 ás 13 horas, chegando em casa fui ouvir um pouco do restante do programa Conexão ON, para ver se os comentários eram realmente feitos como nos informaram.

Infelizmente constatei que o colega Carlos Lima, estava apresentando por volta de 13;15 hs, o bloco de esportes, quando o apresentador Otaviano Neto, (ON), fez um comentário, com o comentarista Maradona Esteves, citando que o mesmo costumava dizer que a Cacau FM, seria a toda poderosa "GLOBO", e que a outra se referindo à PALESTINA FM, seria o CANAL do BOI.

Outra vez, durante uma entrevista com o vice-prefeito Alain, uma ouvinte ligou para participar no ar, e fez duas perguntas, uma para o vice-prefeito, sobre a falta de lâmpadas, numa determinada rua, no bairro do Mutirão, e outra para o apresentador ON, sobre o sumiço de um certo gerador do hospital. Quando o mesmo interpelou a ouvinte, dizendo que ela era a esposa do diretor presidente da Palestina FM, e que aquilo era missa encomendada. Mesmo com a ouvinte se identificando no ar.

Outro funcionário da mesma, costuma se referir a Palestina, como " A PIRATINHA". Mesmo a Palestina FM, funcionando no endereço que consta no  seu cartão de CNPJ, AV São Vicente de Paula, N° 23, 2° andar.
Sendo que segundo informações do jornalista Waldir Montenegro, que confirmou no seu programa, Palestra Rápida, a Cacau FM, que na realidade se chama Ibicaraí FM, teria o seu endereço correto em Salvador.

Mas, deixando estes detalhes técnicos de lado, voltemos ao ponto em questão;

Infelizmente, é uma pena, que pessoas que se utilizam de um veículo de comunicação, e se auto intitulam, como pessoas de bem e de moral irrefutável, se prestem a um papel tão baixo, de se referir a companheiros, com palavras jocosas e ofensivas.

O que não se pode esconder, é que o Rádio ibicaraiense hoje, caminha em rumos diferentes, não só na linha de programação, como também no conceito popular.

Enquanto uma escolhe seguir trilhando o seu caminho, visando agradar ao ouvinte, sem se importar com a concorrência, A outra escolhe continuar ofendendo e fazendo comentários jocosos, referente a concorrência.

Eu, como componente da equipe de esportes da Palestina FM, me senti ofendido, mas, não vou descer ao mesmo nível, pois acredito, que os argumentos mais poderosos, não são as ofensas, e os comentários jocosos. Mas, o respeito e o carinho dos ouvintes, e isto, tenho certeza que já possuímos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.