1 de abril de 2019

Guarany e Bela Vista farão a grande final do torneio de Verão 2019.

Duas partidas eletrizantes aconteceram na tarde de Domingo 31, no Euclidão, valendo pelas semifinais da competição.
No primeiro jogo entrou em campo o maior campeão municipal, o Guarany, com sete títulos, buscando vaga contra o bom time do Grêmio, que dificultou ao máximo para o gigante Guaraxo.
O Grêmio saiu na frente com Katita aos cinco minutos de jogo, mas, aos dez, em cobrança de penalidade, Léo Cabeça empatou para o Guarany.
O Grêmio teve a chance de matar o confronto aos 39 minutos do segundo tempo, em uma cobrança de penalidade máxima, desperdiçada pelo atacante Silvio, jogando na trave.

Terminando empatado o confronto foi para as penalidades, onde mais uma vez, o Grêmio se deu mal, perdendo duas cobranças defendidas pelo bom goleiro Wilian, que pegou as batidas de Bem e de Silvio, que classificaram o gigante Guarany para a final.

O jogo teve arbitragem de Bartolomeu Calazans, Mário Luis e Alexandro Silva. Tendo Márcio Maurício como regra três.


No jogo de fundo, muitas emoções estavam reservadas, desde o primeiro minuto de jogo, onde Os Cobras abriu o placar com o zagueiro Welton, de cabeça, em cobrança de escanteio batido por Tchá, fazendo explodir a grande massa da torcida dos Cobras, que mais uma vez, deu um show nas arquibancadas do Euclidão.

Só que no minuto seguinte, o pequenino Patrick Seles, quase do meio campo, soltou um canudo com a perna esquerda, surpreendendo o bom goleiro Tinho, que substituía o Nom Bahia com dores nas costa, fazendo o gol mais bonito da competição, deixando tudo igual no placar com dois minutos de jogo.

Aos 22 minutos ainda na primeira etapa, veio a virada dos garotos do Bela Vista, com uma linda jogada do atacante Nito, que arrancou driblando pela esquerda, deixando o bom zagueiro Lozo para traz, cruzou já dentro da área para Klayver, que deu aquela chapa no canto, vencendo mais uma vez o goleiro Tinho, que nada pode fazer.

O estadio ficou um verdadeiro caldeirão, com a charanga dos Cobras incentivando seus atletas em busca do empate, mas, quem marcou novamente foi o Bela Vista, com Nito em cobrança de penalidade, depois de cruzamento rasteiro, que o zagueiro Welton cortou com a mão, fazendo assim a alegria dos torcedores do bela Vista, que abriram uma boa vantagem no placar.

Dai o Bela recuou e deu campo para Os Cobras, que não desistiu da partida, chegando em cobrança de falta aos 43 minutos, ao segundo gol com o bom jogador Tchá que marcou seu segundo gol na competição, mas, não foi suficiente, o Bela Vista terminou classificado e fará a final contra o Guarany no Domingo às 15 h.

O jogo teve arbitragem de Gilson Ribeiro, Márcio Bispo e Balbino Pereira, tendo Marcio Mauricio como regra três.

Ontem tivemos as presenças da guarda municipal, da polícia militar e da ambulância com um profissional, como sempre foi solicitado pelo presidente Thales em ofícios.

A competição é realizada pela Liga Ibicaraiense de Futebol, que tem como presidente o jovem Thales Leal, foi realizada apenas com atletas da cidade e teve um atrativo a mais, as famílias dentro de campo, na equipe do Cajueiro jogaram o Pai Arnaldo, com seus dois filhos, Gabriel e Fernando. No Guarany, o técnico Madalena e o seu filho Evair, Alem do Zagueiro Charles e seu filho Gabriel. No Luxo, o técnico Eliezer e o seu filho Bruno Lima, No Bela Vista o pai Cafú, teve a honra de fazer o meio campo ao lado de seus filhos, Kawan de apenas 16 anos e Klayver de 18.

A nossa web rádio ABN, transmitiu os jogos, levando as emoções do futebol do Euclidão para o mundo atravéz do endereço www.webradioabn.com br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.