31 de outubro de 2014

Fiscalização descobre cerca de mil beneficiários irregulares recebendo Bolsa Família.



Uma fiscalização no município de Ilhéus, no sul da Bahia, descobriu cerca de mil funcionários municipais, ex-funcionários e cônjuges de servidores recebendo irregularmente Bolsa Família na cidade. Segundo o secretário de desenvolvimento social Jamil Ocké, a iniciativa foi tomada ao perceber que várias famílias que se enquadram nos critérios não estavam recebendo o benefício.
O próprio município iniciou as investigações. A auditoria continuará sendo feita com servidores estaduais e trabalhadores da iniciativa privada. Os beneficiários irregulares param de receber a Bolsa Família e podem até ter que devolver os valores recebidos. Em ilhéus, são 22 mil famílias atendidas pelo programa, um valor de quase R$ 3 milhões.
FONTE; SESCOM DE ILHEUS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.