18 de dezembro de 2012

Itabuna: Doadores de sangue diminuem no final de ano.

A enfermeira Lígia Natalina disse que os doares de sangue diminuem no final de ano/ Foto PSuldaBahia
Itabuna tem uma grande dificuldade em atender os pacientes que precisam de sangue por conta das poucas doações. Para ressaltar a importância desse gesto – doar sangue – , a enfermeira e coordenadora do setor de captação de sangue, do Banco de Sangue de Itabuna, Lígia Natalina, foi entrevistada pelo apresentador Antônio Carlos, no Programa Show da Tarde, da Rádio Difusora, nesta terça-feira (18).
“Tentamos atender a todas as pessoas que precisam de sangue, mas o banco de sangue recebe pacientes – crianças, adolescentes, adultos e idosos – de Itabuna e de diversas regiões como Itajuípe, Buerarema, Vitória da Conquista, entre outras, e a dificuldade é grande”, afirmou Lígia.

O apresentador Antônio Carlos com a enfermeira Lígia Natalina / Foto PSuldaBahia
Segundo a enfermeira, nos períodos de datas comemorativas como o final de ano, há uma diminuição significativa nas doações. “Precisamos de 60 bolsas de sangue por dia, no mínimo, mas em datas comemorativas como o final do ano, trabalhamos com 40 a 45 bolsas de sangue apenas”, destacou.
As bolsas de sangue podem ficar estocadas por 30 dias, mas devido a demanda em Itabuna, com uma semana já são utilizadas.
Para ela, “a doação de sangue é um gesto de amor com o próximo, mesmo não o conhecendo”, disse Lígia.
O Banco de Sangue de Itabuna funciona em prédio anexo ao Hospital Calixto Midlej Filho, localizado na rua Antônio Muniz, bairro Pontalzinho, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.