LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

7 de julho de 2016

Vacilou! Com um a mais, Vitória sucumbe diante do Cruzeiro pela Copa do Brasil.


Não deu para o Vitória. Com um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo, o time Rubro-negro foi derrotado pelo Cruzeiro por 2 a 1, nesta quarta-feira (6), no Barradão, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. 

Para se classificar, o Leão precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença ou uma vitória a partir de três gols marcados.

Agora, o time comandado pelo técnico Vagner Mancini volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso é contra o Fluminense, domingo (10), às 19h30, também no Barradão. Já o jogo de volta da Copa do Brasil está agendado para 20 de julho, às 21h45, no Mineirão.

O JOGO

Três dias após medirem forças pelo Brasileirão, quando empataram em 2 a 2, no Mineirão, Vitória e Cruzeiro voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira (6), no Barradão, desta vez pela Copa do Brasil.

O Cruzeiro iniciou a partida apertando a saída de bola do Vitória. Já os donos da casa tentavam criar jogadas por intermédio de Marinho. Mas apesar do camisa 7 atuar com certa liberdade, ele não conseguiu nenhuma chance efetiva nos minutos iniciais.

A expectativa é que Vagner Mancini permanecesse no esquema com três zagueiros. No entanto, apesar de ter escalado Ramon, Victor Ramos e Kanu, o comandante Rubro-negro posicionou Ramon no meio de campo, como primeiro volante.

Cruzeiro abre o placar
Aos sete minutos, o Cruzeiro largou na frente. Willian recebeu de Robinho no meio, deu um corte em Victor Ramos e mandou o chute de fora da área. O goleiro Caíque apenas observou e a bola morreu no fundo da rede.

De pênalti, Vitória empata
O atacante Marinho tentou o drible na área do Cruzeiro, aos 12 minutos, e na sequência do lance a bola tocou na mão de Allano. O árbitro não teve dúvida e sinalizou penalidade máxima. Na cobrança, Diego Renan estufou as redes.

Time Rubro-negro pressiona
O time comandado pelo técnico Vagner Mancini foi para cima do Cruzeiro em busca do segundo gol. Uma boa chance veio aos 26. Diego Renan recebeu lançamento na direita, corta para o meio e mandou o chute de esquerda, mas a bola foi para fora.

O atacante Marinho infernizou a zaga do Cruzeiro, mas não conseguiu nenhuma chance clara de gol no primeiro tempo.

Caíque faz boa defesa
Já nos acréscimos, aos 46, Willian mandou para Bruno Ramires e recebeu de volta e chutou de primeira. Porém, Caíque estava atento e fez uma grande defesa.

Segundo tempo

O Vitória iniciou o segundo tempo pressionando, em busca do segundo gol. Logo aos dois minutos, Marinho recuperou a bola no campo de ataque, passou por três marcadores e duzou para Kieza, que mandou de cabeça para fora.
Chances para os dois lados

O Vitória teve outra boa chance aos sete. Marinho cruzou na área do Cruzeiro, Kieza cabeceou e a bola tirou tinta da trave de Fábio.
Porém, o Cruzeiro deu a resposta logo em seguida. Aos 9, Willian recebeu passe livre dentro da área do Vitória e arrematou com força. Caíque conseguiu fazer uma bela intervenção e salvou o seu time.

Allano é expulso e Vitória vai para cima
O time Rubro-negro ficou com um jogador a mais a partir dos 14 minutos. Allano levantou demais a perna, e como já tinha o amarelo, recebeu o segundo e consequentemente o vermelho.
Com isso, Mancini tirou o volante Amaral e colocou Alípio em campo para deixar o time mais ofensivo. O Vitória chegou aos 19 com Marinho e aos 24 com Kieza, mas esbarrou no goleiro Fábio.

Willian marca mais um
O velho e surrado ditado do futebol de “quem não faz, leva”, entrou em campo nesta quarta. Após o Vitória perder boas chances, Willian recebeu ótimo passe de Arrascaeta aos 29, invadiu a área do Vitória e chutou na saída de Caíque.

O Vitória tentou pressionar, mas esbarrou no goleiro Fábio e acabou derrotado mesmo com um jogador a mais.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Cruzeiro
Copa do Brasil – 3ª fase (jogo de ida)
Local: Barradão, em Salvador
Data: 06/07/2016
Horário: 21h45
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Leandro dos Santos  Ruberto (MS/Asp.Fifa) e Sérgio Alexandre da Silva (MS).
Cartões amarelos: Bruno Rodrigo, Allano, Robinho, Ariel Cabral (Cruzeiro); Willian Farias, Marinho, Diego Renan e Kanu (Vitória).
Cartão vermelho: Allano (Cruzeiro)
Gols: Willian (Cruzeiro); Diego Renan (Vitória)

Vitória: Caíque; Diego Renan, Victor Ramos (Tiago Real), Ramon, Kanu e Euller (Nickson); Amaral (Alípio)e Wilian Farias; Vander, Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.


Cruzeiro:  Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Allano; Bruno Ramires, Cabral e Robinho (Gino) ; Alex (Arrascaeta), Alisson (Bruno Nazário) e Willian. Técnico: Paulo Bento.
Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.