LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

12 de julho de 2016

Atlético-PR aproveita falhas do Cruzeiro, vence por 3 a 0 e entra no G-4.


Com o resultado, o Furacão chega aos 23 pontos, emenda a segunda vitória consecutiva e entra na zona de classificação para a Libertadores, superando Flamengo e Ponte Preta no saldo de gols.
O Cruzeiro pagou pelos seus erros nesta segunda-feira (11 de julho), no Mineirão. Tanto no ataque, quanto na defesa. Se na frente, o time celeste perdeu diversas chances, atrás, falhou feio com Bruno Rodrigo, em lance que abriu caminho o placar e resultou num apagão da equipe cruzeirense, que ainda viria a sofrer o segundo gol e o terceiro gol do Atlético-PR, que mostrou eficiência para vencer por 3 a 0, em noite inspirada de Weverton.
Com o resultado, o Atlético-PR chega aos 23 pontos, emenda a segunda vitória consecutiva e entra no G-4, superando Flamengo e Ponte Preta no saldo de gols. Vale lembrar que o time paranaense ainda terá dois jogos seguidos em casa nas próximas rodadas.

O Cruzeiro pagou pelos seus erros nesta segunda-feira (11 de julho), no Mineirão. Tanto no ataque, quanto na defesa. Se na frente, o time celeste perdeu diversas chances, atrás, falhou feio com Bruno Rodrigo, em lance que abriu caminho o placar e resultou num apagão da equipe cruzeirense, que ainda viria a sofrer o segundo gol e o terceiro gol do Atlético-PR, que mostrou eficiência para vencer por 3 a 0, em noite inspirada de Weverton.
Com o resultado, o Atlético-PR chega aos 23 pontos, emenda a segunda vitória consecutiva e entra no G-4, superando Flamengo e Ponte Preta no saldo de gols. Vale lembrar que o time paranaense ainda terá dois jogos seguidos em casa nas próximas rodadas.
Muito vaiado pela torcida, Cruzeiro, por outro lado, amplia o mau momento vivido no Mineirão, onde venceu uma única vez neste Brasileirão, e, de quebra, também deixa uma mancha negativa nas estreias de Rafael Sóbis e Edimar, que chegaram a se apresentar bem com a camisa cruzeirense. No momento, o time celeste ocupa a 15ª colocação, somando os mesmos 15 pontos do Figueirense, que abre a zona de rebaixamento.
O Jogo – Apesar de o Atlético-PR ter se mostrado uma equipe perigosa nos contra-ataques no começo da partida, o Cruzeiro começou criando duas boas chances, em razão da boa movimentação e velocidade de seu ataque. Neste ritmo, Willian e Sóbis chegaram perto de abrir o placar no Mineirão.
O domínio cruzeirense permaneceu durante o primeiro tempo, principalmente em virtude das dificuldades ofensivas apresentadas pelo Furacão, que deixava Walter sozinho no ataque. O Cruzeiro, por outro lado, chegava bem por ambos os lados, mas não conseguia caprichar nas finalizações.
Ainda o final do primeiro tempo, o Cruzeiro exerceu uma forte pressão, chegando seguidas vezes no ataque, sendo que, numa delas, o goleiro Weverton fez milagre no forte chute de Robinho. O Atlético-PR, por sua vez, levou perigo com Nikão e Vinícius.
Com a marcação mais adiantada no segundo tempo, o Atlético-PR buscou uma nova alternativa para chegar ao gol do Cruzeiro e, logo nos primeiros minutos, conseguiu, levando muito perigo em finalização de Walter de dentro da área. O time da casa, porém, seguia bem no ataque e criou dois lances importantes com Rafael Sóbis e De Arrascaeta.
Na sequência do segundo tempo, Rafael Sóbis teve excelente chance, mas Weverton mais uma vez salvou, em chute à queima roupa de dentro da área. Pouco depois, o Atlético-PR ficou na bronca, após ter um gol mal anulado pela arbitragem.
Aos 19 minutos, porém o Atlético-PR conseguiu abrir o placar. Em falha bizarra, Bruno Rodrigo recuou, mas a bola caiu nos pés de Pablo, que mandou para as redes. Com o gol, o Cruzeiro sofreu um apagão e, três minutos depois, o Furacão aumentou a vantagem, com André Lima.
Após o segundo gol, o Cruzeiro teve ótima chance com Allano, que parou em outra ótima defesa de Weverton. Logo depois, aos 34 minutos, em nova falha de Bruno Rodrigo, André Lima apareceu bem para mandar novamente para as redes, fechando o placar no Mineirão.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 0 X 3 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11 de julho de 2016, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Cartões Amarelos: De Arrascaeta (Cruzeiro); Weverton, Wanderson, Vinícius e Marcão (Atlético-PR)

GOLS: Pablo aso 19 minutos e André Lima aos 22 e aos 34 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Edimar; Henrique, Ariel Cabral (Allano), Robinho (Riascos) e De Arrascaeta; Rafael Sóbis (Gino) e Willian
Técnico: Paulo Bento

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Otávio, Hernani e Vinícius; Pablo (Marcos Guilherme), Nikão (Marcão) e Walter (André Lima)

Técnico: Paulo Autuori
Foxsports.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.