YURE ASSIS ENGENHEIRO CIVIL

YURE ASSIS ENGENHEIRO CIVIL
SEU PROJETO COM NOME E SOBRE NOME. YURE ASSIS, ENGENHEIRO CIVIL.

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

12 de janeiro de 2018

Prefeito de Ibicaraí participa de reunião e discute assuntos do meio rural.


O prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, participou na manhã da última quinta-feira, 11, de uma reunião promovida pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Ibicaraí. A reunião aconteceu no prédio da Ceplac, com representantes de diversos seguimentos da cidade que discutiram com o prefeito assuntos relativos ao meio rural local e a implantação de políticas públicas voltadas para o setor.
O prefeito ouviu e opinou sobre a implantação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) em Ibicaraí. Segundo a nutricionista Dalana Barbosa, a maior dificuldade na implantação do PNAE é que o município não tem uma cadeia produtiva alimentar que possa atender plenamente o programa. Para a secretária municipal de Agricultura, Telma Elízia, é preciso ter um mapa detalhado do produtor e dos produtos oferecidos pelo meio rural e trabalhar mês a mês com o que produzimos no nosso município.

Na pauta da reunião, ainda foi discutido o programa Luz Para Todos e os constantes entraves para o pleno funcionamento do programa, o andamento das 28 casas do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), que estão sendo construídas no meio rural, e a implantação do programa Bahia Produtiva, que, segundo o presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo, deve ter início em Ibicaraí no mês de fevereiro e atenderá a princípio 60 produtores, que terão todo o suporte do Governo do Estado e o apoio do município.
Por último o representante da ADAB, Carlos Durval Fraga, falou sobre o abate clandestino de bovino e suíno em Ibicaraí e ouviu do prefeito Lula Brandão que o problema do abate animal é antigo e atinge boa parte do Brasil, mas que estão buscando em Ibicaraí uma solução para o problema e já levou a questão ao Governo do Estado. “O nosso matadouro municipal foi fechado no governo anterior e temos duas opções: levar nossos animais para serem abatidos em Ilhéus ou Itapetinga ou conseguir recurso para construir um frigorífico. Estamos buscando também junto a ADAB uma solução, mas não é um problema simples e requer investimento federal para construir um frigorífico aqui ou próximo da nossa cidade”.
Participaram da reunião - Os secretários de Agricultura e Infraestrutura, Telma Elízia e Thallis Leal; o diretor de Meio Ambiente, Cochise Assis; o Chefe de Gabinete, José Alberone de Souza; representando a Secretaria Municipal de Educação, Dionei Cavalcante e Sandra Matos; o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ibicaraí e Floresta Azul, José Sebastião Romão; o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Ibicaraí e representante da ADAB, Carlos Durval Fraga; o presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo; representando a Ceplac, o advogado Jailton Dias e o chefe do escritório local, José Raimundo Dantas; o PNAE foi representado pela nutricionista Dalana Barbosa; Salvador Pacheco dos Santos representou uma cooperativa local e a Câmara de Vereadores esteve representada pela vereadora Neuza Mary Costa Santos.
Assessoria de Comunicação – Ibicaraí


12.01.2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.