LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

22 de maio de 2017

Prefeitura de Ibicaraí notifica abatedouros e criatórios clandestinos de animais.


Após serem realizadas denúncias e a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) vistoriar e constatar abatedouros e criatórios clandestinos de animais, no bairro Corina Batista, na manhã deste sábado, dia 20, a Prefeitura de Ibicaraí, através da vigilância sanitária, notificou os responsáveis pela atividade ilegal, que terão um prazo de oito dias para retirarem os animais do local e pararem de realizar a atividade.
As vistorias realizadas pela ADAB no município foram feitas após os próprios moradores denunciarem a situação. Os técnicos da Agência se dirigiram até a Rua 1º de Janeiro, no bairro Corina Batista e solicitaram a presença da Vigilância Sanitária local, que se fez presente na pessoa do veterinário da prefeitura, Marcel Sena Guedes, que ajudou na vistoria dos locais, notificando os pontos denunciados e os responsáveis pelo abate clandestino.

Durante a visita à Ibicaraí, a equipe visitou também o Mercado Municipal de Carnes, ao lado da feira municipal. O Coordenador Regional da ADAB, Renato Sena, acompanhado de sua equipe e uma guarnição da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA), vistoriou o local e constatou a precariedade do mercado e a urgência em melhorar a estrutura física do local. Além da necessidade de adequação dos açougueiros no abate e comercialização da carne.

Segundo Marcel, a situação já existe há muitos anos e agora fizeram a denúncia diretamente para a ADAB. "Já notifiquei os locais algumas vezes, mas agora foi diferente, pois as denúncias partiram de moradores incomodadas com o mal cheiro da criação de porco e os constantes abates. A ADAB veio hoje para notificar, fechar e recolher os animais, mas conseguimos entrar em contato com o prefeito Lula Brandão que acionou os secretários de Administração e Finanças, Flávio Campos, Infraestrutura, Thallis Leal, e a secretária de Agricultura e Meio Ambiente, Telma Elízia, que conversaram com os técnicos da ADAB e conseguiram um prazo de oito dias para que os moradores tirem os animais do local", disse Marcel.
"Recebi a ligação do prefeito Lula Brandão, que está em Brasília e me pediu que fosse dado todo o apoio à ação e acompanhasse de perto os acontecimentos. Reformar a feira, recuperando o mercado municipal de carnes, fortalecendo o associativismo naquele local, além de conseguir a vinda de um frigorífico para Ibicaraí ou cidade vizinha são questões que o prefeito já discutiu durante a semana na capital federal", disse Flávio.
A ADAB tem realizado, durante toda a semana, blitzen em diversas cidades do Sul da Bahia para fiscalizar a comercialização de produtos animal e vegetal. Em uma ação no trevo de Uruçuca, a equipe recebeu denúncias que a cidade de Ibicaraí comercializava livremente carne abatida de forma clandestina e sem as mínimas recomendações exigidas pela legislação.

Assessoria de Comunicação – Ibicaraí

20.05.2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.