LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

1 de julho de 2016

Cruzamentos levam Gales à virada e adiam confirmação da geração belga mais uma vez.


Nainggolan abre placar com chutaço e falha do goleiro, mas jogada "Together Stronger", golaço de Robson-Kanu e cabeçada de Vokes garantem Bale x Cristiano Ronaldo nas semifinais.
A decantada geração belga vai ter que esperar mais dois anos para corresponder às expectativas com um título. Nesta sexta-feira, contra o toque de bola e a habilidade de Hazard & cia., País de Gales usou a tradicional tática britânica dos cruzamentos e venceu de virada, por 3 a 1, no estádio Pierre-Mauroy. Um chutaço de Nainggolan logo aos 13 minutos de partida deu a impressão que seus compatriotas que invadiram Lille festejariam a vaga na semifinal. Mas em jogadas pelo alto, o placar mudou de dono. Ashley WIlliams ainda no primeiro tempo, aos 31, Robson-Kanu, aos nove, e Vokes, aos 40, adiaram até pelo menos a Copa do Mundo de 2018 a confirmação de que esses jogadores dos Red Devils têm fibra nos músculos para levantar um troféu pela seleção.

A Bélgica começou mandando no jogo. Com seu toque de bola no meio de campo, envolveu o adversário e perdeu três chances seguidas no mesmo lance na área e acabou abrindo o placar de longe. Aos 13, Nainggolan ficou livre na intermediária e soltou a bomba. A bola nem foi no ângulo, mas o goleiro Hennessey não alcançou. Só que os galeses não desanimaram e, juntos, chegaram ao empate. Sim, "together, stronger", como o lema da seleção. Desse jeito, ficando em bloco numa cobrança de escanteio, o espaço se abriu para o capitão Ashley Williams cabecear livre para a rede, aos 31.
Os belgas voltaram do intervalo como iniciaram o jogo. Chegaram perto do gol de novo três vezes, até que a rede balançou. Mas foi a sua. Num lindo drible dentro da área, Robson-Kanu se livrou de três marcadores depois de dominar cruzamento e num giro conseguiu a virada, aos nove. Fellaini chegou a assustar em cabeçadas na área, mas as jogadas aéreas tinham outros especialistas em campo. Num outro cruzamento da direita, Vokes selou a vitória galesa, aos 40.

Estreante na Eurocopa, País de Gales ficou a dois passos do título improvável. Volta a jogar na quarta-feira da semana que vem, às 16h (de Brasília), no Stade des Lumières, em Lyon. Enfrenta Portugal, classificado com vitória nos pênaltis sobre a Polônia, depois de empate por 0 a 0
Sportv.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.