LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

7 de julho de 2016

Anderson Silva substitui Jon Jones e encara Daniel Cormier no UFC 200.


Ex-campeão dos médios aceitou luta com dois dias de antecedência. Duelo não valerá o cinturão e ainda há indefinição na quantidade de rounds e qual será o peso.
Depois do anúncio de que Jon Jones foi flagrado em um exame antidoping fora do período de competição, elevando o duelo entre Brock Lesnar e Mark Hunt à luta principal do UFC 200, o Ultimate agiu rápido e conseguiu manter Daniel Cormier no card deste sábado. O escalado para substituir “Bones” é, nada mais nada menos, que o ex-campeão dos médios da organização, Anderson Silva.
Segundo informações obtidas pelo Combate.com com fontes próximas à situação, a luta não vai valer o cinturão e há um impasse sobre qual peso e a quantidade de rounds.
Na quinta-feira, mesmo após falar da decepção pela situação envolvendo Jones, Cormier já havia manifestado a intenção de continuar no card, caso o Ultimate encontrasse alguém disposto a enfrentá-lo. Após conversar com a imprensa, o atleta da AKA continuou o processo de perda de peso, na esperança de ainda lutar e receber sua bolsa.

Se o combate for realizado no peso-meio-pesado, esta não será a primeira vez que Anderson Silva vai lutar na categoria de cima da que o consagrou. O brasileiro, que vem de derrota para Michael Bisping em fevereiro, já lutou na divisão contra Stephan Bonnar, em 2012, contra Forrest Griffin, no UFC 101, e contra James Irwin, em 2008. Aos 41 anos, Spider tem um cartel de 33 vitórias, sete derrotas e uma luta sem resultado e é apontado por muitos como um dos melhores lutadores de todos os tempos. Já Cormier tem 37 anos e um cartel de 17 triunfos e um revés. O americano não luta desde outubro do ano passado, quando venceu Alexander Gustafsson na decisão dividida.
UFC 200
9 de julho de 2016, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (a partir de 23h de Brasília)
Peso-pesado: Brock Lesnar x Mark Hunt
Peso a ser definido: Daniel Cormier x Anderson Silva
Peso-galo: Miesha Tate x Amanda Nunes
Peso-pena: José Aldo x Frankie Edgar
Peso-pesado: Cain Velásquez x Travis Browne
CARD PRELIMINAR (a partir de 20h de Brasília)
Peso-galo: Cat Zingano x Julianna Peña
Peso-meio-médio: Johny Hendricks x Kelvin Gastelum
Peso-galo: TJ Dillashaw x Raphael Assunção
Peso-leve: Sage Northcutt x Enrique Marin
Peso-leve: Diego Sanchez x Joe Lauzon
Peso-médio: Gegard Mousasi x Thiago Marreta

Peso-leve: Jim Miller x Takanori Gomi
Globo esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.