LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

5 de outubro de 2015

Lucilene Curvelo desmente corte de R$ 10.000 mensal no repasse à Liga de Futebol de Itamaraju.


A Prefeitura Municipal de Itamaraju, por intermédio da secretária de Finanças Lucilene Curvelo  esclareceu a informação publicada em alguns veículos de comunicação, que o município teria cortado parte do valor do convênio firmado com a Liga de Futebol de Itamaraju – LFI. O que houve de fato foi uma reunião entre a LFI (representada pelo seu presidente, diretores e membro do conselho fiscal) e a PMI (representada pela secretária e o procurador do município). Na reunião Lucilene Curvelo e Dr Esterfeson Marcial pediram ao presidente e diretores presentes que a Liga procurasse se adequar as despesas de acordo a atual realidade do município, alertando que poderia haver uma revisão no valor do convênio firmado, devido às constantes quedas na receita, mas até aquele momento nada estava definido.
No dia seguinte, veículos ligados a políticos de oposição publicaram matéria maldosa anunciando um corte que ainda não havia sido feito e ironizando o fato deste corte ter sido supostamente anunciado pela secretária considerada madrinha da Seleção de Itamaraju. Lucilene esclareceu que todos os órgãos da esfera municipal estão tendo que apertar os cintos, dada à situação pela qual passam os municípios do Brasil. “Se todos os órgãos estão tendo que apertar os cintos, é natural que a gente pedisse a Liga que também começasse a pensar numa forma de diminuir as despesas, mas isso não quer dizer que iríamos cortar de imediato”, esclarece Curvelo.
Mesmo tendo recebido o titulo de Madrinha a secretária apontou para a necessidade de revisão do valor repassado a Liga de Futebol de Itamaraju, demonstrando responsabilidade em administrar os recursos para garantir os serviços essenciais. No entanto, Curvelo também buscou alternativas e levou até o prefeito para que o convênio firmado não fosse revisto de imediato e a LFI tivesse tempo para se adequar. “Vamos manter o valor do convênio enquanto o município tiver condições financeiras, pois a marca do Governo Manoel Pedro é honrar os compromissos, isso mostra o quanto o prefeito Manoel Pedro se preocupa também  com o esporte do município e acredita em nossa seleção”, destaca.
O convênio firmado em abril do ano em curso entre a Prefeitura Municipal de Itamaraju e a Liga de Futebol  garante o repasse para a Liga de um valor global da ordem de R$ 360 mil reais, divididos em 9 parcelas de 40 mil reais. Desse total, já foi repassado à LFI, para custeio da realização dos campeonatos municipais e participação da seleção local no Intermunicipal, seis parcelas de 40 mil reais, totalizando 240 mil reais, o que corresponde a 66,67% do total conveniado.
De acordo com a matéria, tendenciosa, o corte seria de 10 mil reais no repasse mensal, ou seja, de 25% no valor da parcela. Entretanto, supondo que isso acontecesse e fazendo uma comparação com o valor total repassado até o fim do convênio (com a seleção de Itamaraju seguindo até a fase final do Intermunicipal), os valores supostamente diminuídos iriam representar 8,3% do montante que seria repassado. Dos 360 mil conveniados, 30 mil deixariam de ser repassados à Liga. Lucilene Curvelo ressaltou a necessidade de  tais recursos serem bem administrados pela diretoria.
Até porque, mesmo ocorrendo o corte, Itamaraju continuaria sendo um dos poucos municípios do interior do estado a ter um apoio tão significativo dado a sua seleção por parte do Poder Público. Nenhuma prefeitura da região conseguiu repassar mais de 150 mil reais para a Liga de seu município, enquanto que em Itamaraju, a LFI já recebeu só esse ano, R$ 240 mil. “a reunião aconteceu porque nós estamos vivendo um período de extrema recessão, combinado com aumento da inflação e diminuição de arrecadação, estamos vendo mês a mês a arrecadação diminuir e o custo da máquina aumentar, dessa forma precisamos conscientizar a todos da necessidade de diminuir as despesas”, justifica.
A matéria especulativa, feita inclusive sem que fosse ouvido o maior interessado, que é o presidente da entidade, citou também, que, pelo fato do atual presidente ter boa relação com a Prefeitura Municipal de Itamaraju, isso estaria fechando as portas para que outros apoiadores viessem ajudar financeiramente a seleção de Itamaraju. O site cita o nome de um deputado federal, afirmando que este foi impedido de ajudar financeiramente a LFI.
natanaelDe acordo com o tesoureiro da Liga de Futebol de Itamaraju, Natanael Ramos, a história não é bem assim. “A Liga está aberta a qualquer apoio, inclusive não descartamos a possibilidade de receber ajuda de quem quer que seja, o que as pessoas precisam entender é que o nosso apoiador maior é a Prefeitura Municipal de Itamaraju, dessa forma não se pode dar um destaque maior para um patrocinador que quer entrar com mil reais quando a Prefeitura entra com 40 mil”, esclarece o tesoureiro.
O tesoureiro da LFI também afirmou que a Liga se sente receosa quanto a patrocínios oferecidos. Isso porque, segundo Ramos, em 2013, quando ele também era o tesoureiro da Liga, foi feito um acordo com o mesmo deputado da matéria, agenciado por um dos diretores da LFI, em que o deputado se comprometeu em apoiar a Seleção com mil reais mensais, mas até hoje a Liga não viu a cor desse dinheiro. Foi por conta disso que o deputado não foi procurado pela Liga para apoiar a seleção nem no ano passado nem no ano em curso. Em 2013 a Liga fechou com o deputado, mas não recebeu o dinheiro devido, mesmo depois de ter feito inúmeras ligações para uma assessora do deputado.
A postura da Prefeitura Municipal de Itamaraju tem sido muito diferente, cumpre rigorosamente com tudo o que é acordado, os repasses são feitos sem atraso, foi por isso que a secretária municipal de Finanças chamou a Liga para sugerir as adequações necessárias, porque sabe do seu compromisso e tem a responsabilidade de honrá-los, muito diferente daqueles que oferecem apoio e depois desaparecem. Para alguns diretores da Liga, apoio à seleção é sempre bem-vindo, desde que seja dado por pessoas ou empresas que honrem seus compromissos e cumpram com o que foi acertado.

Por: Nilson Chaves/Cocobongo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.