CLIQUE NA IMAGEM E BAIXE AGORA O APLICATIVO DA NOSSA WEB RÁDIO ABN.

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

15 de dezembro de 2014

Para chamar a atenção, o cineasta Paul Rosolie deixou ser devorado por uma Anaconda e sobreviveu.



O Discovery Channel vai exibir em dezembro um programa especial onde o cineasta Paul Rosolie foi devorado por uma anaconda.
Rosolie sobreviveu e passa bem. Ele contou que estava que usou roupas especiais de proteção “à prova de serpente” e um sistema para poder respirar.
O programa foi denominado “Comido Vivo”.
Ele foi criticado pelos defensores dos direitos dos animais que afirmaram que com este feito, ele teria posto em risco a anaconda.
O cineasta se considera um especialista em Amazônia Ocidental e um conservacionista.

Ele afirma que a anaconda gigante encontra-se em risco de extinção e que fez este documentário para chamar a atenção com a finalidade de sensibilizar quanto a esforços para a preservação da espécie.
Ele explica que quando os críticos lerem o seu livro, ficarão convencidos de que ele nunca faria nada que pusesse em risco a Anaconda.
“Eu tenho um metro e oitenta envergadura e eu pulei em uma cobra que eu não conseguia envolver meus braços em torno dela. Isso é uma cobra gigante.“
“Ela continuou andando comigo em suas costas, então eu estava montando uma anaconda e ela nem sequer parecia se importar. Animal monstruoso”, disse ele.
Rosolie disse também que fez isso para fins de pesquisa, e que estava em “extremo perigo” quando ele pegou uma carona sobre a anaconda, e acrescentou: “Eu não sei por que eu saltei sobre ela, exceto que eu estava tão animado e surpreso para ver um animal como esse. Eu acho que eu só precisava da experiência de começar a tocá-la. É uma situação esmagadora.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.