CLIQUE NA IMAGEM E BAIXE AGORA O APLICATIVO DA NOSSA WEB RÁDIO ABN.

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

23 de novembro de 2013

O perigo das pílulas anticoncepcionais.


Nota de Julio Severo: De acordo com o jornal inglês Daily Mail, “mulheres que tomam a pílula anticoncepcional por mais de 3 anos têm risco dobrado de sofrerem problema nos olhos que leva à cegueira.” A matéria abaixo é do Zero Hora.
Componente chave do contraceptivo, o hormônio estrogênio, pode ser o causador do aumento do risco
O uso prolongado [mais de 3 anos] da pílula anticoncepcional dobra o risco de uma das principais causas de cegueira: o glaucoma. Segundo informações do site Huffingtonpost, os cientistas envolvidos no estudo que fez a descoberta advertiram que a pílula pode desempenhar um papel na doença e alertou as mulheres sobre o risco que o uso prolongado dos contraceptivos.
O glaucoma é causado por uma acumulação da pressão do fluido no olho, o que resulta em danos irreversíveis para o nervo óptico. A forma mais comum e crônica da doença afeta cerca de 480 mil pessoas na Inglaterra.
Estudos anteriores sugeriram que a hormônio estrogênio, um componente chave da pílula, pode estar envolvido no desenvolvimento do glaucoma.
A nova descoberta, apresentado na reunião anual da Academia Americana de Oftalmologia em Nova Orleans, é resultado de um estudo com 3.406 mulheres com 40 anos ou mais. As mulheres foram questionadas sobre sua história reprodutiva e passaram por exames oftalmológicos .
Os pesquisadores descobriram que as mulheres que usaram contraceptivos orais de três anos ou mais tinham duas vezes mais probabilidade de ter tido um diagnóstico de glaucoma. Não fazia diferença que tipo de contraceptivo oral as mulheres vinham utilizando .
Os cientistas disseram que tomar a pílula a longo prazo pode ser um fator de risco para glaucoma que também inclui o histórico familiar da doença, ascendência africana, miopia, aumento da pressão no olho e diabetes.
Segundo o líder do estudo, professor Shan Lin da Universidade da Califórnia em San Francisco, o estudo deve servir de impulso para futuras pesquisas para comprovar a causa e o efeito dos contraceptivos orais e glaucoma.
— Neste momento, as mulheres que tomaram contraceptivos orais por três anos ou mais devem ser rastreada e seguidas de perto por um oftalmologista, especialmente se eles têm outros fatores de risco já existentes — ressaltou.
Existem quatro tipos principais de glaucoma, o mais comum é o glaucoma de ângulo aberto crônico, que se desenvolve lentamente.
Já o glaucoma de ângulo fechado é uma forma rara que pode ocorrer lentamente ou se desenvolver rapidamente, conduzindo a perda de visão rápida em um ou ambos os olhos.
O glaucoma secundário é o resultado de uma lesão ou outra condição ocular do olho, tais como a inflamação. Já o glaucoma congênito é uma outra versão rara da doença causada por um defeito de nascença.
Fonte: Zero Hora – Divulgação: www.juliosevero.com
AUTOR
Julio Severo
TAMBÉM ESCREVEU
Poderá o casamento igualitário resultar em perseguição?
Google, iTunes e Facebook censuram opiniões cristãs
Blog Julio Severo entrevista ex-travesti
PT vai votar PLC 122 na quarta-feira, 20 de novembro
Exposição à pornografia afeta a conduta das crianças


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.