LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE

LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNETE
LIGMAX O SEU PROVEDOR DE INTERNET, DE IBICARAÍ PARA O MUNDO - AVENIDA SÃO VICENTE DE PAULA

CONHEÇA NOSSO SITE E OS NOSSOS SERVIÇOS AGORA, CLICK NA IMAGEM E VEJA.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

ESTÁ EM CASA, PENSOU EM PIZZA, LEMBROU PIZZARIA PRIMEIRA¨OPÇÃO.

VISITE A MULTESCRITA SOLUÇÕES EM CONTABILIDADE RUA 2 JULHO Nº 35 - 1º ANDAR

29 de novembro de 2013

CATOLICISMO ROMANO - A MARIA DA BÍBLIA E AS "MARIAS" NÃO-BÍBLICAS.

Aos 10 de janeiro de 1983, rompi definitivamente com o Catolicismo Romano. Embora jovem, entendi que as heresias dessa Igreja histórica me provavam a necessidade de sair dela. Mesmo assim, jamais deixei de ter um amor muito grande por Maria, a mãe do meu Senhor, enquanto homem. - Lucas 1:43.

Se o Catolicismo Romano exagerou em seus títulos atribuídos a Maria, como advogada, co-redentora, medianeira, imaculada, RAINHA DOS CÉUS, etc, a igreja protestante e a evangélica, através de vários de seus representantes, vêm apregoando uma "maria" mulher qualquer, ao invés de bendita, maldita entre as mulheres. Assim, católicos, vários protestantes e evangélicos têm crido em "marias NÃO-BÍBLICAS", opositoras da verdadeira Maria ensinada nas Escrituras. Jamais me esqueço de um pregador afirmar: "Maria era uma mulher qualquer. Vai saber se foi salva mesmo!"

Assim, tanto o Catolicismo Romano quanto vários líderes cristãos muito ruins de teologia pregam uma Maria fora das Escrituras. De um lado, uma hiper-mega-giga-blaster-tera-power, que chega até ser ilustrada ao lado da Santíssima Trindade. De outro, uma "maria" que perde o ibope até para os piores exemplos de mulheres na história bíblica. Em algumas igrejas fala-se mais nas castas de demônios de nome "Maria-Molambo" do que de Maria, a mãe do meu Senhor, enquanto homem.

Juro! Não consigo imaginar Deus, lá da eternidade, ao predestinar aquela que seria a mãe do meu Senhor, dissesse: "Vai essa mesmo!" Evidentemente que não quero corroborar com as prerrogativas que a Igreja Católica lhe confere, a maioria delas um demoníaco empréstimo do paganismo. Todavia, considero-na bendita. Como Maria tem sido bendita em sua vida?

Infelizmente, ao falar sobre Maria com católicos, tenho ouvido: "É a primeira vez que vejo um protestante falar bem de Maria!" E o que tenho falado?

1. Maria foi o maior exemplo de intimidade com Jesus, desde lavar o bumbum dele, até a cruz (João 19:25), e desde a cruz até hoje, no paraíso, goza da presença de Deus Pai, Filho e Espírito Santo de uma forma mais intensa do que nós.
2. Maria foi a única mulher na Bíblia mencionada como "esposa de um justo". - Mateus 1:19.
3. Maria foi a única mulher que deu à luz pelo Espírito Santo. - Mateus 1:18.
4. Maria foi a única mulher que teve garantias angelicais, portanto divinas, de que deveria ser recebida por um homem, José, como esposa. - Mateus 1:20.
5. Maria foi a única mulher que deu à luz ao homem-Deus.
6. Maria foi a única mulher chamada de bendita, assim como seu filho, por um anjo, filho este sendo Jesus. - Lucas 1:42.*
7. Maria foi a única mulher a ouvir de um anjo de Deus a expressão: "Encontraste graça diante de Deus". - Lucas 1:30.
8. Maria foi a única mulher com o privilégio de dizer "ocorra em mim a tua palavra" diante do anúncio de ser a mãe de Jesus. - Lucas 1:38.
9. Maria foi a única mulher que passou pela experiência de cumprimentar outra mulher grávida e o filho desta pular em seu ventre. - Lucas 1:41.
10. Maria foi a única mulher a ouvir de um homem de Deus sobre o ministério de seu filho de salvar pessoas. - Lucas 2:34.
11. Maria foi a única mulher mencionada por nome, que se reuniu para orar com outras e com os discípulos, após a morte de Jesus. - Atos 1:14.

Também louvo a Deus pelo exemplo de humildade de Maria. Quando contemplo a reação dela diante do anúncio de sua gravidez, pelo anjo, sou ensinado a ser humilde, maleável às mãos de Deus.

Assim, precisamos alicerçados nas Escrituras, por de lado as "Marias não-bíblicas" - a  hiper-mega-giga-blaster-tera-power e a "maria qualquer". Precisamos estudar com os católicos quem foi Maria à luz da Bíblia e o que Deus quer nos ensinar com os poucos mas riquíssimos versículos sobre ela.

Desejo que nossas igrejas falem mais sobre Maria. Ela não deve ser deixada de lado como forma de nos vingar do romanismo. No norte de Pernambuco, numa missão que fiz em abril de 2011, ao visitar casas de católicos muito praticantes, minha saudação era: "Bom dia! Sou missionário evangélico e a primeira coisa que vou falar é: Eu amo Maria, a mãe do meu Senhor". Não houve uma casa sequer que não me ouvisse. Glória a Deus por isso.


Por fim, não peco, de modo algum, ao expressar a Deus, desde minha conversão, que se me fosse dado o privilégio de escolher a primeira personagem bíblica ali no paraíso, esta seria, sem dúvida, Maria. Quisera eu ter sido João, e ter ouvido de Jesus: "Eis tua mãe!" (João 19:27). - Fernando Galli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seus comentários, mas lembre-se que este blog é acessado por famílias, mulheres, e pessoas de bem.